Retrato em Preto e Branco

O espetáculo foi concebido no vasto território das relações humanas. Divido em três momentos, Corpos Urbanos, Matrimônio e Desencontros, trazem movimentos que começam e recomeçam representando o ciclo vicioso da vida.

A coreografia propõe uma análise à cerca da força de influência da sociedade de consumo, que faz corpos e pessoas disciplinadas e individualizadas. Uma reflexão, portanto, de esperança na reumanização do ser humano, reconduzindo pelo corpo uma síntese e um novo sentido a vida.

 

Ano de Estreia: 2011
Duração: 48 minutos
Coreografia: Joisy Amorim
Ensaiadora: Erica Bearlz
Preparação Cênica: Vanderlei Roncato
Cenário: Joisy Amorim
Figurino: Ana Maria Mendonça
Fotografia: Layza Vasconcelos
Produção Musical: Cleyber Ribeiro
Iluminação: Sergio Galvão

Ficha e Necessidades Técnicas